Diamante Elisa Fracchiolla Joias

Diamantes

A captura da luz na sua joia

Todo diamante é único! Mas é de suma importância a melhor escolha do diamante para sua joia perfeita. Nas joias elaboras por mim utilizo diamantes acima da cor G de pureza e com índice de claridade Vvs1.

 

O universo das pedras preciosas me encanta, terei um imenso prazer em conversar com você sobre este universo e suas particularidades interessantíssimas.

Preparei este conteúdo pra que você possa entender melhor sobre esta classificação:

O diamante é o elemento mais duro da Terra. É a única pedra que possui um único elemento: 99.95% de carbono, 0,05% de inclusões de outros elementos, esses elementos podem influenciar na cor. Os diamantes são formados cerca de 160,934km abaixo da superfície da terra, são formados através da alta temperatura e pressão. Sua composição estrutural é isométrica, quer dizer, crescem igualmente em diversas direções.
 

O que vislumbramos é seu brilho obtido depois de processos de lapidação e polimento dessa estrutura de carbono.
 

Quais são as características que um diamante possui para obter as qualidades máximas que ditam o seu valor?

Fatores de análise: os 4Cs, utilizados pelo GIA (Gemological Institute of America) desde 1950, formam uma linguagem global para verificar a qualidade de um diamante. Não posso deixar de mencionar a observação de que, na Índia, há 2 mil anos, já haviam sido estabelecidos três desses critérios de análise, são eles: cor, claridade e peso. O critério do corte foi posteriormente agregado pelo GIA.

Cor: Influencia muito no valor: D, E, e F são os grupos mais transparentes e sem cor. Depois os grupos G, H, I, J, e a classificação segue com outras cores até a categoria Z.
 

Claridade: Um belo diamante tem efeito reflexivo de luz branca (chamado "brilho"), flashes de cores (chamados "fogo") e áreas de luz e escuridão chamados "cintilação". Claridade: Vvs (very very slight imperfect), Vs, SI, I. Os diamantes possuem "inclusões", algumas dessas inclusões podem ter mais ou menos efeito depreciativo dependendo do: local, tamanho, natureza e cor.
 

Peso: peso e preço não são relativos: o peso do diamante é usado em quilates (1ct=100 pontos, 1 ponto =0,01ct), ex: um diamante de 50 pontos tem 0,05ct, 1ct= 0,2g.
 

Corte: Os tipos de corte são classificados em "Excellent" (Excelente), "Very Good" (Muito bom), "Good" (Bom), "Fair" (Razoável), "Poor" (Pobre). Esta medida de avaliação tem o aspecto mais importante, pois um corte é avaliado pela proporção, simetria e polimento, sendo que quando estes são bem realizados, exercem grande influência no brilho do diamante: este brilho emana do jogo de luz que ocorre devido às suas proporções.
 

Esta foi uma pincelada sobre os 4Cs. Outra dúvida que muitos clientes têm é: qual a diferença entre um diamante e um brilhante? Todo brilhante é um diamante que possui 58 facetas lapidadas e formato redondo. Os diamantes possuem outros tipos de lapidação e formatos.

Foto: Arjiv Exports

Classificação Diamantes GIA
Classificação Diamantes GIA
Classificação Diamantes GIA
Classificação Diamantes GIA
Lapidação Diamantes e Gemas

Enciclopédia de Gemas*

 

*Reprodução traduzida da Enciclopédia de Gemas do Instituto Gemológico Americano. Para mais informações, acesse a página oficial do GIA.

Vamos conversar sobre diamantes?

Terei um imenso prazer em criar sua joia perfeita através da radiância do seu diamante.